quarta-feira, 9 de Dezembro de 2009

Outra caixa!

A campanha arqueológica chegou ao fim.

Hoje acabamos o inventário de materiais, a fotografia e os últimos desenhos. Agora temos pela frente a tintagem dos desenhos e o estudo das tipologias cerâmicas para podermos datar os materiais e através deles as estruturas encontradas durante a escavação.






Fechámos a caixa de 2008. Voltaremos em 2010 para encher outras caixas com um pouco mais da história do Palácio de Apriés.




Custa-nos deixar a família Pitufi, mas os guardas do armazém do Museu de Mênfis já nos garantiram que não lhes vai faltar comida.





Até à próxima campanha! Ma salama!

sexta-feira, 4 de Dezembro de 2009

O Cairo



A sexta feira é o dia de descanso da equipa e aproveitamos para ir ao Cairo fazer alguma visita cultural, as compras para a semana e sobretudo, para encher-nos da energia de uma das maiores cidades do mundo.





A caminho!


A visita ao Museu do Cairo é obrigatória. No seu interior encontra-se uma das maiores colecções de egiptologia do mundo. Uma verdadeira maravilha.






Depois almoço no Felfela, um clássico!






É indispensável uma visita às livrarias da cidade: a da Universidade Americana é uma das melhores e estreou à pouco novas instalações.




Finalmente acabamos o dia com as compras para a semana, no supermercado em Zamalek.




O Yasser, o nosso motorista, é um excelente condutor e para além disso recebe-nos sempre com o seu melhor sorriso.





Mas no Cairo há muito mais para ver, sentir, ouvir...

Há malabaristas:




Equilibristas:




Mesquitas e minaretes  impossíveis:




Muitas cores e sabores por descobrir, entre eles os melhores sumos de fruta do mundo!







E na saída do Cairo, já quase na estrada para Saqqara, aparecem entre os campos as pirâmides de Guiza...




Voltamos para casa cansadas, mas com a sensação de ter vivido e ser parte de alguma coisa única, muito forte e especial. O Cairo ou se ama ou se odeia, mas ninguém, ninguém lhe fica indiferente...

terça-feira, 1 de Dezembro de 2009

A família Pitufi

Junto ao armazém do Museu de Mênfis onde trabalhamos vivem 3 cachorros que pouco a pouco se  têm tornado parte da equipa. Conquistaram-nos completamente e nós a eles também, mas mais lentamente... Chamamos-lhes os Pitufi e a lancheira já é feita a contar com eles.



 


Depois de finalizado o inventário entramos na última fase dos trabalhos: fotografia e desenho.  No que se refere a este registo estamos a  organizar as peças por tipologias  para consolidar o corpus cerâmico do sitio. Da campanha de 2008, para além do material egípcio de produção local,  temos material de importação que evidencia a presença dos chamados “mercenários de Apriés”. Militares estrangeiros que o faraó tinha no exército como tropas de elite. Na zona denominada "Campo Militar", nos arredores do palácio, os militares organizavam-se por bairros e é dessa presença que resultam os materiais que estamos a estudar.








A fotografia é feita num “laboratório”  adaptado ao terreno...  A improvisação e superação dos obstáculos é uma das qualidades para qualquer equipa que trabalhe no Egipto. Nós não somos excepção!






sábado, 28 de Novembro de 2009

Eid al-Adha




Ontem foi o  Eid al-Adha, ou Festa do Sacrifício, no mundo muçulmano. Um dia de festa que se celebra no final da peregrinação a Mecca (um dos 5 pilares do islão).
Este dia rememora o sacrifício feito pelo profeta Abraão quando Deus lhe pediu que sacrificasse o seu próprio filho. No último momento recompensou a sua fé e entrega à vontade divina, perdoando-lhe e dizendo-lhe que no lugar do filho devia sacrificar um cordeiro.


 
 No Cairo não havia esquina sem carneiros e vacas a serem vendidos ou transportados para o sacrifício.



Uma vez sacrificado o animal a carne tem de ser dividida de forma igualitária entre a família, os amigos e os pobres, uma vez que se trata de um acto de partilha e caridade para com aqueles que não têm a possibilidade de realizar o sacrifício. Aliás, para muitas famílias este é um dos poucos dias durante o ano no qual podem comer carne.

Na nossa casa em Saqqara, a família andou num rebuliço desde as 6 da manhã, hora da primeira e grande oração do Eid. Os homens foram para a Mesquita e voltaram depois do sermão para iniciar o sacrifício, neste caso de uma vaca.




Durante o dia foram passando muitos familiares e amigos e só ao fim do dia a calma voltou à casa da duna.

Hoje já voltamos ao campo. Apesar de no Egipto ser festa durante 4 dias, nós e os nossos trabalhadores voltamos já hoje ao trabalho para aproveitar ao máximo a nossa estadia.

É que aqui o tempo passa a voar...

domingo, 22 de Novembro de 2009

O Museu de Mênfis




O trabalho continua a bom ritmo no Museu de Mênfis, um dos mais visitados do Egipto, pela sua proximidade ao Cairo (20Km) e a presença da monumental estátua de Ramsés II. Trata-se de um Museu ao ar livre onde se encontram expostas varias estátuas entre as quais destacamos a gigantesca esfinge de alabastro datada da XIX dinastia.










A equipa entretanto foi reforçada com a chegada da arqueóloga Silvina Silvério. A sua paixão pelos materiais  fica bem patente pelo cuidado e ar deliciado com que monta os complicados puzzles com que se tem deparado.





Mohamed e Moahmisin, continuam connosco a ajudar-nos com a colocação do verniz nas cerâmicas antes da sua marcação.






Amanhã pretendemos acabar a marcação das peças para começarmos a fase seguinte: desenho e fotografia do material.

quarta-feira, 18 de Novembro de 2009

Os primeiros dias de trabalho




Os primeiros dias no Egipto têm sido passados entre o trabalho no campo e em casa. Também fizemos uma visita ao “Palácio de Apriés”, para ver como se encontrava o campo desde a nossa última temporada em Julho passado.









Depois do ritual de abertura do armazém onde a equipa portuguesa tem o seu material guardado, passou-se à lavagem e marcação do material da temporada de escavação de 2008.













Mohaksin é um dos trabalhadores egípcios que nos tem ajudado nestes dias.

Nos próximos dias começaremos a fotografar, inventariar e a desenhar o material.

sexta-feira, 13 de Novembro de 2009

Equipa portuguesa volta ao Egipto para a terceira temporada de 2009 no “Palácio de Apriés”

A terceira temporada no “Palácio de Apriés” vai ser dedicada ao tratamento de material das temporadas de escavação 2008 e 2009 (finalização). Estaremos no Museu de Mênfis, no armazém destinado à nossa equipa pelo Supreme Council for Antiquities (SCA).





A chegada ao Cairo foi como sempre emocionante! Especialmente para a Dra. Celina Claro que está pela primeira vez no Egipto.



O primeiro dia foi dedicado à limpeza e organização da casa da equipa portuguesa, na aldeia de Saqqara, a aproximadamente 6km do “Palácio de Apriés”. Amanhã é dia de ir ao Cairo para as compras semanais e no domingo recolhemos os papéis no SCA para podermos iniciar os trabalhos no campo.